terça-feira, 19 de abril de 2011

NUKE

Ruas radioativas infestam as cidades, infestadas por sua vez por pessoas que, em meio às explosões nucleares, fingem descobrir seu próprio núcleo. O líquido químico verde inunda os becos e calçadas, transformando todos os arredores em massa cinza, e todo aquele que anda se identifica com um zumbi. Sim, os olhos estatelados e ausentes, os movimentos moles, a boca semiaberta e uma vida sem porquê, sem motivo. A cada dia que passa, o mundo se degenera mais, ao passo em que a alma humana abandona o corpo, impreciso, desnecessário. O fim está próximo.

3 comentários:

  1. Uma bela descrição da atual socie/reali-dade

    ResponderExcluir
  2. #RobocopFeelings

    Eu gostei. Bem cru e direto. Gostei mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Agradeço muito.
    Esse foi o intuito desse texto. Cru e direto.

    ResponderExcluir